domingo, 17 de julho de 2011

México e Panamá: El Dinero, La Plata...

E aí galera!

Nosso último post antes da viagem... Resolvemos passar mais algumas informações importantes pra quem quiser fazer a mesma viagem que nós. Já falamos do esquema de visto
s, vacinas e época do ano ideal para visitar o Caribe. Agora vamos falar do mais prioritário item de quem quer viajar, seja lá pra onde for: o dinheiro. Não pretendo comentar sobre preços de passeio ou quanto levar, até por que isso depende do roteiro e da duração da viagem e só teremos noção disso quando formos pra lá, mas sobre que dinheiro levar, quanto custa o dinheiro por lá, etc.

Começando por Cancun, o dinheiro por lá é o peso mexicano, mas como qualquer cidade turística, a galera aceita dólares em qualquer lugar, inclusive os hotéis e agências de passeios. Como comparação, em média:

R$ 1,00 = US$ 0,65 = P$ 7,50
US$ 1,00 = R$ 1,54 = P$ 11,55

Em outras palavras, pra converter o valor em pesos mexicanos para reais, você divide por 7,5 e, para dólares, divide por 11,55. O blog Simbora pro México tem informações sobre o custo médio das coisas por lá e inclusive fotos das moedas e cédulas em circulação, muito legal! As boas práticas de viagem sugerem você levar dólares para lá e trocar nas casas de câmbio ou até mesmo alguns hotéis.

Chegando no Panamá, o sistema monetário por lá é em dólares americanos. Entretanto, há uma moeda local chamada Balboa que é mais usada apenas para pequenos trocos. Assim como o real e o dólar, 100 centésimos de Balboa valem um Balboa, como os centavos. A conversão de balboas em dólares é de 1:1, ou seja, as cotações são amarradas. Dessa forma, a não ser que você queira guardar as moedinhas como recordação, gaste tudo que você tiver de balboas antes de ir embora!! Quase não há cédulas no país, você encontrará somente moedas. Creio que gastar dinheiro no Panamá, um país de zona de livre comércio, não deverá ser problema.

Bom, é isso aí. Daqui há poucas horas, partiremos!

Partiu!