segunda-feira, 28 de julho de 2014

Salvador: Estádio Pituaçu

E aí galera!

Depois de dois posts sobre Mata de São João, a 50 km de Salvador, voltamos pra capital baiana. Agora, o tema é um dos meus favoritos: estádios de futebol. A Bahia é a casa de dois tradicionais clubes nordestinos que normalmente estão na elite do futebol brasileiro: o tricolor Bahia (campeão brasileiro de 1988) e o Vitória (que já foi vice-campeão do Brasileirão em 1993 e da Copa do Brasil em 2010). Cada um dos clubes possui sua própria casa, mas esse post vai contar sobre nossa visita a um terceiro estádio de Salvador: o Estádio Roberto Santos, mais conhecido como Pituaçu.

Estádio Pituaçu. Foto: Shirley Stolze/Divulgação.

O Pituaçu foi inaugurado em 1979 e pertence ao Governo do Estado da Bahia. Ele serviu de casa para times menores do estado durante muito tempo, mas voltou a ter destaque nacional em 2009, quando o Bahia mandou suas partidas do Campeonato Baiano e da Série B no estádio, devido ao desabamento da arquibancada de seu antigo estádio, a Fonte Nova (motivo pelo qual não conseguimos visitá-lo). Para receber o clube, em 2008, o Pituaçu recebeu uma grande reforma, que aumentou sua capacidade para pouco mais de 34 mil pessoas e o tornou um dos mais modernos estádios do país, de forma que foi utilizado como Centro de Treinamentos para a Copa das Confederações 2013 e Copa do Mundo 2014.

Sem a Fonte Nova, o Pituaçu foi modernizado e recebeu até a Seleção!

O estádio fica praticamente dentro do Parque Metropolitano de Pituaçu, a maior reserva ecológica de Salvador. O Parque possui ciclovia, restaurantes, uma grande área verde e o Lago Pituaçu, sendo uma boa opção de lazer para os soteropolitanos (e, por que não, para os visitantes). Funciona todos os dias, das 8h até as 18h, sendo que os restaurantes ficam abertos até mais tarde. Não chegamos a visitar o Parque, mas o fato do estádio ficar nessa grande área verde tornou a vista do local bem agradável. Subindo a rua de acesso, chegamos na frente da administração do estádio, que dá acesso aos camarotes, de onde pudemos ver o campo.

Vista dos camarotes: belo estádio!

Apesar de ter tudo a ver com futebol, o Pituaçu também mostra uma faceta ecológica além do Parque. Foi inaugurado em 2013, junto com a Companhia de Energia Elétrica da Bahia, a Coelba, o Centro de Visitação Pituaçu Solar, difundindo o uso dessa fonte de energia renovável e também motivando o visitante: levando suas lâmpadas incandescentes (que gastam bem mais energia) e sua conta de luz, você troca por três lâmpadas fluorescentes, mais econômicas. A ideia é que o estádio passe a utilizar essa fonte energética no seu dia-a-dia, um exemplo de sustentabilidade. O Centro fica aberto de segunda a sexta, das 9h até 17h, de forma gratuita.

O Centro de Visitação Pituaçu Solar. Foto: Portal da Copa.

Curtiram o passeio? O Pituaçu fica na Av. Professor Pinto de Aguiar s/n, no bairro Pituaçu. Não existe uma visita guiada oficial, mas é possível aparecer lá e conseguir bons ângulos pra se conhecer o estádio. Os contatos para visitas são da Superintendência de Desportos do Estado da Bahia (SUDESB): (71) 3103-0900 e para o Pituaçu Solar, o número é (71) 9692-0224.


No próximo post, mais um estádio da cidade, esse bem mais tradicional e conhecido!

Partiu!