domingo, 20 de julho de 2014

Mata de São João: Projeto Tamar na Praia do Forte

E ai galera!

Nosso dia na Praia do Forte, em Mata de São João, ali pertinho de Salvador, reservou um destino muito legal e que, não por acaso, é o mais visitado por lá. Presente em nove estados do Brasil, o Projeto Tamar é o maior símbolo de proteção das tartarugas marinhas no Brasil e já está há 33 anos nessa incansável luta.

 Foto clássica que você também vai tirar

Além de proteger nossos amiguinhos cascudos, o Projeto Tamar (de TArtarugas MARinhas) entende que, tão importante quanto salvar as tartarugas, é informar a sociedade sobre a importância da manutenção da espécie por meio da educação ambiental e usar essa integração com a comunidade para tornar o trabalho mais efetivo. Por isso o projeto possui 11 centros de visitação por todo país, incluindo o da Praia do Forte, que visitamos e é tema deste post.

As tartarugas marinhas feridas também são cuidadas por lá

Inaugurado em 1982, o Centro de Visitação da Praia do Forte fica bem ao lado da Capela de Santo Antônio e do farol Garcia D’Ávila, não tem erro. Lá, existem diversas opções de atividades para todas as idades, como salas de vídeo, oficinas de arte, espaço de alimentação, loja com produtos oficiais do projeto (que tem dinheiro obviamente revertido para as atividades), enfim, dá pra passar um bom tempo perambulando pelos espaços temáticos e aprendendo sobre as tartarugas marinhas.

Aprendendo sobre os tipos de cascos...

...e os tamanhos que podem chegar! Enormes!

Além da área do Centro de Visitação, o Tamar também possui uma área chamada encubadora. Os ovos que são depositados pelas tartarugas marinhas adultas nas praias próximas podem ser alvo de pássaros, outros animais e até mesmo pessoas, o que pode prejudicar a reprodução delas. O pessoal do Projeto Tamar toma o cuidado de cercar uma área anexa ao Centro e depositar esses ovos, garantindo a integridade dos mesmos durante todo tempo necessário para o nascimento de novas tartaruguinhas. Há um guia do local que explica tudo para os visitantes.

Tentando tirar a foto com uma delas hehehe...

A encubadora, já com dezenas de ovos esperando novas tartarugas!

Infelizmente não pegamos a época em que as centenas de tartaruguinhas quebram seus ovos e partem para o mar (normalmente entre dezembro e fevereiro), dizem ser uma cena inesquecível! Vale dar uma ligada pra lá e se informar da data e horário certinhas pra não perder esse show.

Recentemente, a loja online do Projeto Tamar foi lançada, lembrando que 100% dos produtos são fabricados no Brasil e 100% do resultado é revertido para a proteção das tartarugas marinhas e comunidades locais, como Mata de São João.

O ingresso no Centro de Visitação custa R$18. Funciona todos os dias, de 9h até 17h30 - no verão, funciona de 8h30 até 18h. Para contato, os telefones são (71) 3676-0321/1045 e (71) 8127-2010.


No próximo post, vamos voltar para Salvador e conhecer mais um destino soteropolitano!

Partiu!