terça-feira, 9 de agosto de 2011

Cancun - Dia 2: Chichén Itzá, Cenote Ik-Kil, Valladolid e Margaritaville!

E aí galera!

Depois de um primeiro dia cansativo… mais correria! Não há tempo para se perder naquele paraíso chamado Cancun! No passeio de hoje, uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo: o Chichén Itzá! Além do grande monumento maia, o passeio incluiu um mergulho no Cenote Ik-Kil e uma visita à cidade de Valladolid!

- Chichén Itzá
Acordamos cedo, tomamos café da manhã e partimos para Chichén Itzá em uma van que incluída no pacote do Álvaro em um grupo cheio de brasileiros. Esse foi o passeio mais longe de Cancun que fizemos: leva cerca de duas horas pra chegar lá. Pra quem não conhece e teve preguiça de procurar no Wikipédia, o Chichén Itzá é uma grande pirâmide maia que se acredita ser o primeiro calendário baseado na astrologia, como é o nosso calendário convencional. É uma pirâmide de quatro faces (como as estações do ano), 364 degraus mais o topo (somando 365 dias do ano) e com uma série de detalhes espetaculares que tornaram a construção uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo, assim como nosso Cristo Redentor é. O lugar é lindo e um prato cheio pra quem curte aprender sobre outras culturas. Fora o passeio, é a chance de comprar várias lembrancinhas do local. Mas atenção: todas as barraquinhas vão querer te empurrar coisas por preços um pouco salgados, mas TUDO é negociável e você consegue altos descontos se chorar um pouquinho. Não tenha vergonha de barganhar! No dia que fomos, fez um calor absurdo então fica outra dica: roupas leves e um guarda-sol. O Álvaro, sagaz como sempre, disponibiliza para todos sombrinhas que salvaram a gente do calor escaldante.

- O Almoço
Almoçamos em um restaurante dentro do próprio Chichén-Itzá, creio que seja o único do parque. Lá, tem todo tipo de comida, desde saladas até hambúrgueres e comida típica mexicana. Novamente, cuidado com os molhos! O esquema é Buffet, já incluído no preço do pacote, você só paga a bebida por fora. Enquanto você come, os garçons e garçonetes fazem apresentações de dança típica e, pra não perderem o costume, pedem a tal da propina (gorjeta), que é opcional. Como quase todos os lugares, aceitam dólares normalmente.

- Cenote Ik-Kil
Depois de uma manhã sofrendo no Sol mexicano, nada como um mergulho gelado. Pra quem não sabe, Cenote é como um grande poço de água doce. Dizem que alguns deles foram gerados por quedas de meteoritos, que geraram as crateras que ao longo do tempo foram sendo cheios pela água da chuva. O Cenote Ik-Kil, além de refrescante, o lugar é MARAVILHOSO! Água límpida, doce e cheia de peixes, em um lugar cheio de paz. Foi revigorante o mergulho lá. Atenção pra quem curte saltar das pedras para mergulhar: apesar de não ter pedras no fundo (a cratera é MUITO funda), o fato da água ser doce faz você afundar mais rápido do que o normal, logo atenção! Depois de trocar de roupa, partimos para Valladolid.

- Valladolid
Trata-se de uma pequena cidade mexicana típica: tem uma igreja e uma praça. Mas ela tem uma certa importância história, por isso vale o passeio rápido por lá. Destaque para a Igreja de San Servacio e a Praça de La Mesticia, que nos renderam algumas belas fotos. Após Valladolid, teríamos mais uma hora e meia de viagem pra descansar para a noitada de hoje!

- A noitada
No caminho de volta para o hotel, avistamos o Margaritaville, que foi bem aconselhado pelo motorista da van. Partimos pra lá, então, para experimentarmos uma das mais famosas bebidas mexicanas! O bar, como quase todos os outros por lá, tem garçons fanfarrões, que brinca

m com os clientes o tempo todo, dando um clima muito divertido pro local. Enquanto bebíamos nossas margueritas, resolvemos pedir um aperitivo pra acompanhar e nada melhor do que nachos! Fomos de “Volcano Nachos” (ver foto) na expectativa de acompanhar alguns molhos picantes, mas nos deparamos literalmente com um vulcão de nachos! Só comemos isso na noite toda, pois vem muito bem servido e com diversos molhos – nenhum apimentado. Nem preciso comentar que aceitam dólares. Noite divertida, partimos pro hotel para descansar pois no dia seguinte viria o tão esperado pela Grazi mergulho com golfinhos e o Cocobongo!

Partiu!