sábado, 20 de agosto de 2011

Cancun - Dia 5: Mergulho em Cozumel, Shopping La Isla e Carlos N' Charlies!

E aí Galera!

Depois de um dia cansativo no X-Caret, nada melhor do que se refrescar as águas de Cozumel. Partimos até Playa del Carmem na van do Álvaro e, de lá, pegamos o Ferry Boat até Cozumel de aproximadamente 30 minutos. Não ficamos muito tempo em Playa del Carmem, mas pareceu muito legal, nos lembrou muito o centro de Búzios-RJ: lojinhas de marca e barzinhos numa pequena vila na beira do mar. Tem muita gente que inclusive se hospeda por lá, de repente vale uma pesquisa.

Cozumel é uma ilha mexicana a apenas 12 milhas do continente - Cancun. Em Cozumel, encontra-se a segunda maior formação de corais do mundo, atrás somente de uma região na Austrália. Assim se justifica nosso passeio por lá: mergulho com cilindro! Até por que, snorkel, já estávamos cansados de fazer e seria um desperdício visitar a ilha e não passar por essa experiência.

Já chegamos atrasados e encontramos com o dono Luiz Perez da Empresa Cabalito Del Caribe, que foi a empresa em que o Álvaro contratou o nosso mergulho. No Caballito del Caribe, encontramos nosso guia Carlos, que nos levou até um ponto de mergulho (que por sinal, era como se estivéssemos na beira da praia). O ponto de mergulho foi em Playa de Arrecife Villa Blanca.

O guia nos explicou todos os procedimentos e assim, colocamos a roupa de neopreme. Assim que coloquei o cilindro, senti o peso e o medo. Mas o guia nos tranqüilizou, nos deu a mão e fomos mergulhando em baixo d’água. Pra quem tem algum temor de mergulhar, esqueçam. O mar é MUITO parado, quase não tem correnteza e é seguro demais. Não deixem de fazer esse passeio se o problema for medo.

A sensação que sentimos? Megulhar em Cozumel é visitar um mundo especial e que não estamos acostumados. A beleza submarina nos deixou fascinados e apaixonados pelo mundo. A
visibilidade era incrível, nunca vi nada tão transparente, cheios de peixes e corais. Era só olhar pra frente que via loooonge. É claro que, como marinheira de primeira viagem, sentimos a pressão no ouvido. Mas nada tirava o brilho daquele lugar. Pra todos os lugares que olhávamos, tinha uma surpresa. Pra frente, peixinho rosa, pro lado, um casco com milhões de peixes sargentinhos dentro, pra baixo vários corais roxos lindos e até olhar pra cima tinha surpresa, um navio passando exatamente em cima da gente. Loucura total!!!
Tiramos várias fotos com a nossa máquina, mas também havia um fotógrafo. Não compramos as fotos, pois achamos que estava semelhante as nossas e estavam caras. Só ficamos meio preocupados por que nossa câmera suportava até 5 metros e nosso mergulho chegou a cerca de 8. Ela ficou meio maluquinha nos dias seguintes, mas graças a Deus deu tudo certo!

De 10 em 10 minutos o Guia nos perguntava se estava tudo bem, foi muito atencioso. Logo, ele foi à única pessoa em que demos a tal da propina (gorjeta). Mergulhamos um pouco mais de 1 hora. E falando sério: parece que passou apenas 10 minutos.

Depois disso, aproveitamos pra tomar um rápido banho na Empresa de mergulho e fomos almoçar no Hard Rock Café Cozumel, onde estava incluído no passeio. Este é o menor Hard Rock do mundo (e eles se orgulham disso). Em baixo tem a lojinha e em cima, o restaurante. Mas é

bem charmosinho. Pra comemorar o mergulho, tomamos um drink especial da casa que não tinha no cardápio e o garçom que nos indicou, chamado de Pink Floyd. Uma delícia. Neste almoço incluía entrada (frango bem picante com barbecue), 2 pratos principais e ainda taça de sorvete de sobremesa.

Depois de encher a pança, só tivemos 20 minutos para andar pelo centrinho de Cozumel. Fomos a algumas lojas. Há uma loja de Prata com pedras (pingente, brincos, pulseiras, etc) que vale muitooo a pena. Mas é preciso pesquisar porque nesta loja você encontrará todos os valores. É um ótimo lugar para comprar presentes. Minha sogra amou o pingente que comprei pra ela!

Depois, por volta de 15:30h pegamos o Ferry Boat de volta pra Playa Del Carmem e, de lá, pegamos o ônibus pra Cancun. Chegamos lá e pedimos para o ônibus da empresa nos deixar

no shopping La Isla, onde aproveitamos para fazer algumas compras e conhecer o shopping que é uma graçinha, pois ele é aberto. Para as meninas, lá tem loja da MAC Cosméticos: aproveitem, porque é o único lugar que tem. Para os meninos, a loja da Nike tem alguns bons preços. Outra loja interessante é a Liverpool, lá vende de tudo!

Noitada:
Fomos no Carlos N' Charlies. É um restaurante/bar bem no estilo Cancun: os garçons zoando muito, muita música e animação! O que chamou atenção logo de cara eram os longos copos em que eram servidos os drinks. Você ainda pode levar o copo pra casa (é de plástico). Tomamos Mojito, Captain Coconut Colada e Charlie's House Margarita e recomendamos os três! Pra comer, pedimos de
entrada Quesadilla Charlie's (muito boa!) e Tacos Charlie's Yard pra arrematar. O preço ai mais ou menos o que pagamos em todos os bares: em torno de 50-60 dólares, o que ficou até barato.

Depois de lá, demos mais um passeio pela área das boates e voltamos pro Hyatt. No dia seguinte faríamos um dos passeios que é exclusividade da Álvaro Tours: Tulum + Cenote Dos Ojos + Akumal. O que são esses lugares? Fiquem ligados no Check In pra vocês conhecerem!!

Partiu!