quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Morro de São Paulo: o que NÃO fizemos!

E aí galera!

Agora vamos falar dos passeios que não tivemos a oportunidade de fazer em nossa estadia relâmpago em Morro de São Paulo, mas que sugerimos pra todos que tiverem mais tempo por lá fazerem!! São dois passeios imperdíveis, mas que requerem um dia inteiro cada um. Vamos lá!

- Ilha de Boipeba:

Boipeba é uma ilha bem rústica, com praias paradisíacas de águas claras, areias brancas e vastos coqueirais. É uma verdadeira vila de pescadores. Ilha simples, mas linda. Por iniciativa dos próprios nativos e forasteiros que lá aportaram, foi transformada em Área de Proteção Ambiental, garantindo cenários desertos dia e noite, o ano inteiro. O passeio pode ser comprado em Salvador ou mesmo em Morro de São Paulo, em pequenas agências espalhadas pela vila – lembro de algumas na Primeira Praia, inclusive foi onde compramos os vales para a tirolesa.


Se estiver com tempo, vale à pena ficar uns dias na Ilha de Boipeba. A Pousada das Mangabeiras foi muito bem recomendada. Pra quem vai em família, recomendamos visitar o Eco Lodge, uma pousada construída com o intuito de você esquecer da vida: piscinas naturais, bangalôs, enfim, tudo que qualquer workaholic poderia querer. Mas o que a maioria dos turistas fazem, é apenas um passeio de Morro de São Paulo à Ilha de Boipeba, no qual é um passeio de barco que leva às piscinas naturais do local. Geralmente esses passeios se baseiam no seguinte roteiro:

Com saída da 3ª Praia de Morro de São Paulo, visita as Piscinas Naturais de Garapuá e as de Moreré, em Boipeba. Assim, o mergulho é feito apara apreciar a linda vida marinha. É claro que depende de como estiver a maré. Em seguida, a lancha atraca em Boipeba/Praias de Cueira, Tassimirim e Boca da Barra (com parada para almoço). Há também a visita em Cairu, no Convento de Santo Antonio. A chegada em Morro de São Paulo é por volta das 5 da tarde.

- Caminhada à Gamboa com passeio de barco até a Ponta do Curral:

Pra quem está disposto a caminhadas, esse é o passeio. Uma trilha de 45 minutos leva à rústica praia da Gamboa, frequentada por pescadores. No caminho, todo enfeitado pelas bromélias características da região, uma parada na Fonte do Céu para um banho refrescante. Ainda é possível curtir um banho de argila – dizem ser bom para a pele! Ainda na Gamboa, recomenda-se o restaurante Café Del Mar, com muitos frutos do mar!


Da Gamboa, parte barcos para a Ponta do Curral, uma praia extensa e completamente deserta. Não se esqueça de levar bastante água para tomar e se refrescar no caminho. Vale muito a pena o passeio até a Ponta do Curral. Esses passeios podem ser comprados nas agências em Morro de São Paulo que estão espalhadas por toda a parte. Só fiquem atentos quanto a qualidade de serviço e tamanho da lancha.

Esperamos ter ajudado os viajantes que nunca foram para Morro – ou até os que já foram e querem voltar. Não os culpamos: Morro de São Paulo é maravilhoso e sem dúvidas voltaríamos pra lá sem pensar duas vezes! Agora sairemos do calor baiano para o friozinho europeu de Campos do Jordão (SP)! Continuem acompanhando nosso blog para não perderem mais essa viagem!

Partiu!