quinta-feira, 19 de julho de 2012

Rio de Janeiro: Café da Manhã no Parque Lage

E aí galera!

Nosso primeiro destino na Cidade Maravilhosa não é tão explorado pelos turistas de fora do país, mas é muito badalado e disputado entre os cariocas, principalmente nos finais de semana! Quem nunca tomou um café da manhã no Parque Lage, bem cedinho, não sabe como é começar um dia no Rio de Janeiro num local de muita paz e contato com a natureza.

Salão Central no Parque Lage

O Parque Lage era, na verdade, uma antiga fazenda particular localizada nos pés do Morro do Corcovado, situado no bairro de Jardim Botânico. Com o passar dos anos, e com as diversas trocas de proprietários, foi necessária tomar alguma ação para que o terreno e as construções no interior do mesmo pudessem ser mantidas. O governo do Rio resolveu, então, tombar o local como Patrimônio Histórico e Cultural da Cidade do Rio de Janeiro, tornando o local público. Hoje em dia, a Escola de Artes Visuais do Parque Lage opera no local, mas sempre aberto para visitações.

 Mesmo com chuva, o local não perdeu seu charme.


A grande atração do Parque Lage fica na sua principal construção: uma casa de estilo colonial, com um enorme aquário em seu vão central, cercada de verde por todos os lados. Nesta construção, há a Cantina da Dri, que serve, entre outras coisas, o famoso café da manhã. A bandeja não tem nada de muito chique, mas atende bem: pães, queijo, suco, uma bebida quente, frutas frescas e bolo por R$20. Nos finais de semana, o cardápio é um pouco mais requintado (fica a R$24), mas nada muito espalhafatoso. No final das contas, a comida em si é quase um detalhe perto da beleza do prédio e do local. Em dias de sol, as mesas ficam espalhadas ao redor do aquário/piscina, num clima muito gostoso. Visitamos em um dia mais chuvoso, mas mesmo com as mesas debaixo das marquises, o clima era de paz e tranqüilidade – aliás, o friozinho até deixou o clima muito bom também!

O café da manhã e o visual: ambiente perfeito!

Fica então a dica pra quem tiver disposição pra acordar cedinho. A visitação é gratuita e há estacionamento no local – mas novamente fica o alerta de procurar chegar o mais cedo possível, principalmente nos finais de semana. O Parque Lage funciona das 9h até as 17h e o café da manhã é servido até as 13h. Programa cedo, relativamente barato, e que dá tempo de sobra pra visitar algum outro destino da cidade. Para conhecer mais alguns, fiquem ligados nos próximos posts do blog!

Praça e chafariz em frente ao prédio principal: paz e tranquilidade...

Partiu!