terça-feira, 28 de agosto de 2012

Rio de Janeiro: Walk Tour pelo Centro

E aí galera!

Como todos sabem, o Rio de Janeiro é muito mais do que a mais conhecida cidade brasileira no mundo: estamos falando da ex-capital brasileira! Por isso, seu Centro da Cidade é praticamente um museu a céu aberto, carregado de muita história. Particularmente, eu trabalho no Centro do Rio e, apesar de notar os belos monumentos e edifícios, nunca tive a calma de parar e pensar em toda cultura que esses locais guardam e por muito tempo eu pensei em fazer um tour pelo local. Pensando nisso, o excelente blog Sem Destino, em conjunto com a Intrip, organizaram dois eventos simultâneos a fim de unir os viajantes: o 4º Raid Fotográfico Sem Destino e o 1º Encontro de Viajantes! Aproveitamos a onda e embarcamos na viagem!

Estátua do General Osório, na Praça XV. 

 Pessoal da Rio Walks foi show de bola!

Nesse post, vamos falar do primeiro dia do evento, que tratou de um Walk Tour (ou tour a pé) por alguns pontos importantes do Centro do Rio. A empresa Rio Walks ficou responsável de guiar os viajantes e dar detalhes históricos dos locais. Todos os funcionários foram super atenciosos e simpáticos, fica a dica pra quem quiser um tour particular! Eles oferecem diversos roteiros, para todos os gostos. Foi-nos oferecido o “History Lovers”, mas numa versão pocket, mas ainda sim muitíssimo rico! O passeio começou na Praça Quinze de Novembro (ou simplesmente Praça XV), local que hoje abriga a Estação das Barcas e, antigamente, abrigava o Porto do Rio, mesmo local onde a Família Real Portuguesa desembarcou no Brasil. Só aí já dá pra ter uma noção de quanta história estamos falando! Um pouco do Paço Imperial, da Igreja Nossa Senhora do Carmo, a Antiga Sé, ex-Catedral do Rio de Janeiro e onde Dom Pedro II e Princesa Isabel se casaram, o Chafariz do Mestre Valentim, ponto exato do desembarque da Família Real Portuguesa, e chegamos no famoso Arco do Telles.

O Arco do Telles: clima bucólico abafando o barulho da cidade.

Os vários restaurantes da Travessa do Comércio.

O Arco do Telles era uma antiga construção que ficava de frente para a Praça XV. Depois de um grave incêndio, apenas sua fachada (decorada por um grande arco) ficou intacta. Criou-se então a Travessa do Comércio, uma ruela repleta de história e gastronomia! Os prédios eram pequenos comércios – em um deles, viveu ninguém menos que Carmen Miranda – e hoje abrigam excelentes restaurantes, num clima muito agradável, em que mal se pode ouvir o barulho inerente de uma grande cidade. Espetacular! Local ideal pra dar aquela paradinha pra um choppinho ou um lanche. Não vamos dar muitos detalhes, senão o passeio perde a graça hehehe... Ao fim da travessa, chegamos na Rua do Ouvidor, outro ponto histórico do Centro do Rio que abriga a Igreja dos Mercadores, outro baú de histórias!

Igreja Nossa Senhora da Lapa dos Mercadores.

Seguindo adiante, estamos quase na Avenida Presidente Vargas, uma das principais da cidade. Chegamos a um pequeno largo repleto de cultura: lá estão os sempre importantes Centros Culturais dos Correios e do Banco do Brasil (conhecido também como CCBB), além da Casa França-Brasil. Uma rápida entrada em cada um dos centros culturais, mas muito pra se ver! As entradas nas três casas são gratuitas e são responsáveis por divulgar algumas das mais visitadas exposições do Rio. Não importa quando você vá, sempre terá algo legal pra ver. A próxima visita é para a vistosa Igreja da Candelária, uma das principais do Centro do Rio de Janeiro! Quem pretende se casar por lá, tenha paciência: a lista de espera é de mais de dois anos! Além de majestosa, a igreja é carregada de muita história (que não contarei aqui pra não estragar o passeio hehehe...).

Centros Culturais do Banco do Brasil e dos Correios.

Casa França-Brasil

Igreja da Candelária

Ainda havia tempo para mais uma visita. Algumas ruas depois – e depois de uma senhora subida – chegamos ao Mosteiro de São Bento, uma das mais ricas igrejas do Rio! As fotos dizem tudo: local maravilhoso, igreja linda e a certeza de que o esforço pra chegar lá valeu MUITO a pena! A igreja se parece muito com uma fortaleza, devido ao fato de ter sido construída por militares da época, o que a torna  muito diferente das outras visitadas! Muito legal! Pra vocês verem: era uma versão POCKET do passeio e vimos tudo isso!

O Mosteiro de São Bento do lado de fora...

...e do lado de dentro!

Nosso dia terminou com uma feijoada sensacional no bar La Esquina, na Lapa. Ainda houve uma palestra sensacional com a galera do programa Não Conta Lá Em Casa, do Multishow, que serviu pra instigar mais ainda na galera aquele espírito de viajante, o que é um pouco da mensagem que procuramos passar com o Blog Check-In. Não importa se seu destino é pertinho da sua casa ou em outro país: sempre vale a pena ir! O Tour pelo Centro do Rio terminou, mas podem ter certeza que há destinos muito importantes que acabaram não sendo visitados. Mas nós iremos lá e mostraremos pra vocês!

La Esquina: típico bar da Lapa.

No próximo post, vamos retratar o segundo e último dia do 4º Raid Sem Destino e do 1º Encontro de Viajantes, que teve como tema um importante e charmoso bairro carioca!

Partiu!