quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Copa do Mundo no Brasil? Será? #CopaAbusiva

E ai galera!

Hoje o post terá um tom um pouco diferente do que vocês estão acostumados a ver por aqui, será mais um desabafo do que dicas dos destinos que visitamos. Mas entendo que seja um assunto que deva ser abordado. Por que eu mudaria a realidade com isso? Não tenho essa pretensão, mas ficar em silêncio frente ao que tem saído nos jornais, de alguma forma, seria concordar com os fatos. E os fatos estão colocando em risco um dos meus maiores prazeres – que com certeza é de vocês também: o de viajar.
 
A Copa não será prazerosa pra quem pretende viajar pelo Brasil. Fonte: Globo.com

Desde ontem, alguns dos principais blogueiros de viagem (inclusive nós) organizaram um “twitaço” com a hashtag #CopaAbusiva. Explica-se: as principais companhias aéreas do país simplesmente dispararam os preços das passagens nacionais durante o período da Copa do Mundo, que será disputada entre Junho e Julho de 2014, num movimento claramente oportunista e ganancioso. Quem viajar entre as sedes dos jogos, incluindo a ponte aérea Rio-São Paulo, vai encontrar passagens que não chegavam a R$500 (nos piores casos) com preços de até R$3000! Até jornais internacionais estão repercutindo o caso.

 Reportagem da Folha de São Paulo comparando os preços das passagens. Fonte: Folha.

Quando começamos o Check-In, nosso objetivo era simplesmente compartilhar nossas aventuras por aí e ajudar as pessoas a curtirem tanto ou mais que a gente, enfim, estimular os leitores a viajarem, mesmo que seja ali pra esquina ou pro outro lado do mundo. Com o passar do tempo, principalmente depois de conhecer os blogueiros da RBBV, entendi que tínhamos uma outra importante missão: divulgar o turismo. Pesquisas mostram que os blogs de viagem são uma das mais importantes fontes de informação pros viajantes e não é por menos: nossos textos tendem a ser mais pessoais e exprimem a nossa verdadeira impressão sobre o destino, como seria um amigo seu contando sobre uma viagem legal (ou desastrosa) que ele fez. Muitas vezes, os blogs fazem essa divulgação de maneira mais efetiva do que as próprias secretarias de turismo de algumas cidades.

Esse golpe baixo, capitaneado pela ANAC, simplesmente vai contra tudo que o trabalho dos blogueiros de turismo, principalmente os de destinos nacionais, representam. A própria Embratur tentou fixar um teto para as passagens, o que foi logo refutado pela ANAC. O aumento das passagens aéreas foi feito sem se pensar no peso que o turismo brasileiro tem nas finanças do país, e logo durante um evento onde teremos um grande boom de estrangeiros. As conseqüências serão óbvias: enquanto lucra-se mais com os gringos pagando esses absurdos, o brasileiro vai assistir a Copa pela TV – provavelmente fora do país, pois as passagens internacionais estarão mais em conta em comparação às nacionais. É dinheiro que poderia ficar no Brasil, mas, de novo, vai pro exterior... Mais uma vez, a imagem do país “do jeitinho”, da malandragem (no sentido ruim da palavra) é o que fica pro povo lá fora.

Visto esse cenário lamentável, o Blog Check-In ratifica seu repúdio a mais esse abuso justificado por um evento internacional (não precisamos lembrar dos estádios, das obras públicas intermináveis, etc.).

Você também não aceita essa situação? Colabore! #CopaAbusiva


Partiu!