quarta-feira, 11 de março de 2015

Dubai: Deira Spice Souk e Gold Souk

E aí galera!

Seguimos com nosso city tour por Dubai, ainda na região histórica de Deira, para mais dois destinos que simplesmente não podem deixar de faltar no seu roteiro. No Dubai Museum, a gente pode ver como Dubai, mesmo antes de se desenvolver rapidamente com o dinheiro do petróleo, era um importante ponto comercial no Oriente Médio, tanto marítimo quanto com seus mercados de rua, conhecidos por lá como souks. Os anos se passaram, o emirado e o país se desenvolveram absurdamente, mas os tradicionais souks permaneceram. Visitamos os dois mais importantes e visitados de Dubai, que são o tema desse post: o Deira Spice Souk, o mercado de especiarias, e o Deira Gold Souk, o mercado do ouro!

Deira Spice Souk 

Nossa primeira parada foi no Deira Spice Souk, o mercado de especiarias. A gente não é exatamente o perfil de viajante que curte compras, mas quando se trata de algo bem característico do destino, não tem como não levar nada. Como você pode ver no mapinha ao final do post, o que separa o Dubai Museum e o Deira Spice Souk é o conhecido Dubai Creek. A travessia, que é bem curtinha mas bem agradável, é feita por esses barquinhos chamados de abra, sob o custo de apenas 1 dirham. Ele vai te deixar no Deira Old Souk Station, bem de frente pro Spice Souk. Use a passagem subterrânea para atravessar a rua e pronto: chegamos!

A travessia do Dubai Creek

O mercado de especiarias, bem, vende de tudo! Desde lembrancinhas (muitas idênticas às que encontramos no Dubai Museum, mas com uma variedade bem maior) até todo e qualquer tipo de ingrediente possível para se temperar alguma comida ou preparar um bom chá. Mesmo se a culinária não for muito sua praia, a enorme variedade de cores de todos aqueles temperos rendem fotos lindas! Nos corredores do souk, os vendedores tentam adivinhar seu país e, claro, tentam de empurrar todo tipo de produto, mas bem menos chatos do que parece. Escolhemos uma das lojinhas e compramos metade dos produtos disponíveis hehehe, muita coisa boa que mal conhecíamos - e experimentamos na própria loja, como os chocolates de leite de camelo (no caso "camela"). Notamos que os preços não variam muito entre as lojinhas, mas pesquisar (e barganhar MUITO) é fundamental.



Só olhar pros produtos já é bem legal: muitas cores!

Praticamente colado ao Spice Souk, chegamos no famoso mercado do ouro de Dubai: o Deira Gold Souk. Reza a lenda em Dubai que "tudo que é dourado, é ouro" e "tudo que brilha, são diamantes". A lenda, de fato, é verdadeira e você pode comprar o que quiser sem medo de falsificações. O que torna o ouro tão mais barato em Dubai é o fato dos Emirados Árabes não taxarem o metal precioso, de forma que grande parte do ouro do mundo passa por lá e acaba sendo comercializado mundo afora.

 
Deira Gold Souk

A expectativa era encontrar tudo quanto é tipo de jóias de ouro em preços bem acessíveis. O grande lance é que dificilmente você vai encontrar uma simples correntinha, ou um anel sem muitos detalhes. Não prospectamos muito nas inúmeras lojinhas, mas quase tudo que encontramos por lá era extremamente elaborado e requintado, sempre com uma pedra preciosa ou ouro de vários quilates, o que levava o preço pras alturas! Verdade, aquela mesma peça em outro país do planeta com certeza seria BEM mais cara, mas ainda sim ficou puxado pra gente levar alguma coisa. Pra vocês terem noção, uma das lojinhas exibia em sua vitrine o anel de ouro mais pesado do mundo, com suas humildes 63 toneladas (e certificado do Guinness Book, claro). A extravagância de alguns produtos simplesmente parecia não ter limites.

Bom, só não sabemos em que mão ia caber um anel desses!

Super simples, bom pra usar no Brasil, né?

Longe da gente querer desanimar alguém, é claro que há jóias mais simples e com ótimos preços, mas é preciso paciência (e diria também um pouco de sorte) pra encontrar seu brinco ou anel no meio de quase infinitas opções. Ainda que você não leve nada, é curiosíssimo ver algumas peças. Apenas tome cuidado se você pretender tirar alguma foto: algumas lojas não permitem, logo é sempre bom perguntar antes.

Anéis de brilhantes em forma de bichos, bem legal!

No meio desse monte de lojas, tanto no Spice Souk quanto no Gold Souk, encontramos algumas lojas de tecidos, que oferecem uma infinidade de kashmiras, shales e outras roupas e acessórios típicos dos Emirados Árabes, que também valem muito a pena!

Uma das lojas de tecido

Talvez a dica mais importante desse post, que vale pra qualquer souk ou lojinha que encontramos nos Emirados Árabes é: BARGANHE COMO SE NÃO HOUVESSE AMANHÃ!! Conseguimos descontos excelentes em praticamente todas as lojinhas dos souks onde compramos alguma coisa. Não tenha vergonha de pedir seu descontinho: os caras estão acostumados e cedem mesmo!!

Nossa próxima parada será no talvez mais conhecido ponto turístico de Dubai. Onde todo mundo pode tirar uma foto de graça, mas só quem estiver bem di$posto consegue conhecer a fundo. Fiquem ligados!
Partiu!