segunda-feira, 13 de abril de 2015

Dubai: Burj Khalifa

E aí galera!

No último post, a gente mostrou como o Dubai Mall oferece uma infinidade de atrações além de suas lojas e restaurantes. Mas a mais imperdível atração do shopping merece um post só dele. Afinal, só mesmo numa cidade tão superlativa como Dubai é que encontramos, bem ao lado do maior shopping do mundo, o mais alto prédio do planeta: o absurdamente espetacular Burj Khalifa.

O absurdamente fantástico Burj Khalifa!

Bom, antes de mais nada, vamos aos números:
  • Sua construção começou em 2004 e só terminou em 2009, sendo inaugurado em janeiro de 2010.
  • Hoje, o Burj Khalifa possui 160 andares habitáveis, fora a garagem no subsolo. Há quem diga que ainda é possível fazer o arranha-céu crescer mais alguns metros pelo prolongamento de sua antena no topo, de forma a garantir seu recorde por alguns anos mais.
  • São 828 metros de altura. Isso equivale a 16,5 piscinas olímpicas, 7 campos de futebol, quase 22 estátuas do Cristo Redentor... Lembram do Burj Al Arab, aquele hotel sete estrelas símbolo de Dubai? Pois é, equivale a quase dois prédios daquele e meio empilhados!
  • Imagina pegar um elevador no Burj Khalifa? São 49 no total, sendo alguns deles super rápidos, chegando a alcançar 10 metros por segundo de velocidade! Chega até a dar aquele incômodo no ouvido, típico de quando estamos subindo de avião!
É um passeio pra tirar muuuuuitas fotos!

Impossível visitar Dubai e não dar aquela vontade de ver a cidade lá de cima, né? O Burj Khalifa oferece dois observatórios para seus visitantes. A experiência de ver aquela enorme Dubai, que nos surpreendeu durante toda viagem com tanto gigantismo, pequenininha, é incrível. Bom, as fotos dizem um pouco do que vimos por lá.




Dubai pelo entardecer e de noite. Incrível!

É mandatório que você conheça o Burj Khalifa, então lá vão algumas dicas:

Como comprar meu ingresso?

Os ingressos podem ser adquiridos no próprio Dubai Mall, no stand ao lado do acesso ao Burj Khalifa, ou pelo site do Burj Khalifa. No site, os ingressos começam a ficar disponíveis um mês antes da data desejada, ou seja: se você quer marcar sua visita para o dia 30/5, no dia 30/4 começam a ser vendidos ingressos para essa data. Fique ligado, pois existem horários mais concorridos, que esgotam mais rápido.

Comprando pela Internet, você ficará com um comprovante em mãos, que deve ser levado ao stand do Burj Khalifa no Dubai Mall, para que efetivamente sejam trocados pelos ingressos.

 Hall dos Elevadores do At The Top: a fila é inevitável.

Qual passeio escolher?

Existem dois diferentes passeios a venda: o At The Top, onde o observatório para os visitantes fica no andar 124; e o At The Top SKY, que te leva até o nível 148. Além do observatório mais alto, o At The Top SKY tem outras vantagens, como um elevador dedicado, visita guiada, um lounge pra curtir o visual, bar, além de ser mais vazio, facilitando as fotos, entre outros mimos. No At The Top, o mirante é bem mais disputado pelos visitantes, requerendo um pouco de paciência pra tirar suas fotos.

Nos dois passeios, uma grande loja do Burj Khalifa oferece tudo quanto é produto do mais alto prédio do mundo: desde canetas e chaveiros até enormes maquetes e até mesmo um kit Lego do prédio.

Lego do Burj Khalifa: EU QUERO!

Qual é o melhor horário?

O horário mais disputado é o do pôr-do-sol em Dubai, que rola por volta das 17h ou 17h30. São os que acabam primeiro no site (e até pela alta procura, custam um pouco mais caro do que os demais horários). A dica é entrar na fila pra subir no elevador com alguma antecedência: como é o horário mais disputado, rola uma fila chatinha pra subir e pode perigar de, quando você chegar lá em cima, o sol já ter descido.


Apesar de ser bem raro um dia nublado em Dubai, a recomendação é ir acompanhando a previsão do tempo e marcar sua visita num dia bem aberto, pra garantir que sua visita oferecerá o melhor visual possível desse espetáculo que é Dubai. Ah, em novembro de 2015, inauguraram um horário para ver o nascer do sol! Pode ser uma boa também!
 
E os preços?

Os preços podem ser conferidos no site oficial do Burj Khalifa. Em Janeiro/2015, fomos no horário mais disputado (17h30) no At The Top e saiu por AED 200 por pessoa.

No final do passeio, os visitantes passam por uma pequena exposição de fotos e curiosidades sobre o Burj Khalifa. É muito interessante ver a evolução do prédio ao longo de sua construção. Há também uma homenagem às pessoas por trás do prédio: arquitetos, engenheiros e as construtoras envolvidas. Convenhamos: não deve ser fácil fazer um prédio com quase 1 quilômetro de altura numa cidade onde se destacar é uma missão dificílima!

No térreo, há uma última loja, uma última chance pra comprar aquela lembrança desse passeio incrível.

A loja no térreo.

Incrível, fantástico, único! Conhecer o Burj Khalifa, sem dúvidas, foi inesquecível, mas nossa viagem por Dubai ainda tinha muitos destinos na lista. No próximo post, vamos mostrar uma região da cidade repleta de hotéis, um enorme shopping a céu aberto e uma praia privativa virada pro Golfo Pérsico. Curiosos? Continuem seguindo nosso #CheckInNosEAU!
Partiu!