quarta-feira, 17 de junho de 2015

Dubai: Dubai Miracle Garden

E aí galera!

Nosso último passeio por Dubai foi um achado! Nós saímos do Brasil com uma ideia muito clara do que a gente queria fazer, anotamos tudo no roteiro mas, de uma forma ou de outra, sobrou uma manhã livre e lá fomos nós pesquisar mais um destino imperdível na cidade. Navegando pelo mapa de Dubai e procurando dicas em redes sociais, decidimos dar uma chance a um grande bosque, localizado a aproximadamente 20 km do nosso hotel. Prepare sua câmera, pois ela não terá descanso no lindo Dubai Miracle Garden!

 Um verdadeiro milagre!

O Dubai Miracle Garden é um enorme bosque, totalmente florido, absurdamente bem cuidado. Imaginem: manter tantas plantas num local com um clima tão inóspito em certas épocas do ano deve ser uma trabalheira danada. Isso só se tornou possível devido à forte política de reuso de água no país, que trata todo esgoto de Dubai e reutiliza a água para irrigação. O parque chama a atenção pelas várias esculturas e obras de arte, todas cobertas de flores e muitas cores. Não é a toa que vimos muitos casais fazendo fotos de casamento por lá: o lugar, como diz o nome, parece mesmo um milagre. Afinal, trata-se do maior jardim de flores do mundo (pelo menos eles se intitulam assim, apesar do Guiness Book apenas mencionar seu relógio de flores - que também é incrível)! Bom, não adiante a gente falar muito. Curtam as fotos!




Os números impressionam: são estimadas que 45 milhões de flores estampam o Dubai Miracle Garden, ao longo de seus 80 mil metros quadrados (aproximadamente sete campos de futebol). O parque ainda oferece uma série de atividades e lanchonetes, essenciais pra combater o calor. O site do Dubai Miracle Garden disponibiliza um mapa do parque, bom pra saber a localização de todas as lanchonetes e banheiros. Existem projetos de construção de lojas e até um pequeno shopping no local.



A dica óbvia é levar um chapéu ou uma sombrinha e protetor pra se proteger do sol, se manter sempre hidratado. O Dubai Miracle Garden oferece uma série de lanchonetes, diversas opções. Compre uma bebida ou um sorvete, sente-se e passe uns minutos contemplando a vista. Mas não deixe de explorar a enorme área verde, conhecida entre os árabes como "Piece of Eden" (ou Pedaço do Éden).


Chegar no parque não é tão simples: o metrô mais próximo fica bem longe (inviável de caminhar) e poucos ônibus passam por ali. Se quiser economizar no táxi, a dica é pegar o metrô até a estação Mall of the Emirates e, de lá, pegar um táxi.


Durante a semana, o parque funciona das 9h até as 21h. Nos finais de semana, fecha um pouco mais tarde: 23h. As entradas custam AED 30, sendo os ingressos grátis para aposentados e crianças com menos de 3 anos. Assim como uma série de passeios em Dubai, o Dubai Miracle Garden não abre durante o verão muito por causa do calor ~ensurdecedor~ que acaba afastando as pessoas e dando um trabalho maior pro pessoal do parque manter as plantas. Como muitas não resistem, acontece que em toda reabertura, há um esquema de flores diferentes!



E foi assim que terminou nossa estadia em Dubai, onde só voltaríamos no último dia de viagem, somente para pegar nosso voo pra casa. Mas calma, ainda tínhamos mais um emirado para conhecer e as atrações começaram ainda no caminho pra lá. No próximo post, vem com a gente pra Abu Dhabi!

Partiu!