quarta-feira, 10 de junho de 2015

Dubai: Safári no Deserto

E aí galera!

O post de hoje vai falar sobre uma das experiências mais imperdíveis pra quem visita Dubai. Quando visitamos o Burj Khalifa, simplesmente o prédio mais alto do planeta, pudemos ver a grandeza que Dubai se tornou, as enormes construções e, lá no horizonte, um infinito tapete de areia, de perder de vista. Já tínhamos visitados cidades praianas, cidades de serra, mas era nossa primeira vez em um país onde era efetivamente possível conhecer um deserto. Foi nessa curiosidade que embarcamos num Safári no Deserto pra uma experiência simplesmente inesquecível!

Uma experiência inesquecível!

Confesso que ficamos meio cabreiros de início. Quer dizer, que graça teria me afastar da moderna Dubai, com suas infinitas opções de lazer, ir pro meio do nada e ver simplesmente... areia? Bom, vamos guardar essa pergunta pra mais tarde e vamos pro passeio. Pontualmente às 15h, a empresa responsável nos buscou no nosso hotel, em uma enorme 4x4, rumo ao deserto. Foi aproximadamente uma hora e meia até sairmos da civilização e pegarmos a estrada. Não se via lada na paisagem, além de muita areia, então nós e algumas outras pessoas que estavam fazendo o passeio aproveitaram pra tirar um cochilo.

"Mas Muhammad, o que você está fazend..."

"Ahhhhhhhhhhhhh!!!!"

Eis que nosso motorista (que provavelmente se chamava Muhammad, como aproximadamente 100% dos homens por lá) encosta o carro no acostamento, desce da estrada e vai desafiar as enormes dunas, começando efetivamente o passeio. Olha, os primeiros minutos foram desesperadores (mas a gente não conseguia parar de rir), a impressão era de que o carro iria virar a qualquer momento. Depois a gente passou a curtir as derrapadas, subidas e descidas, tentando (em vão) tirar boas fotos de dentro do carro sacolejante. Aí começou a ficar meio massante, um pouco enjoativo até. A dica é não se empanturrar de comida antes do passeio. Depois de alguns minutos mais, nos encontramos com mais alguns carros da empresa em uma duna mais alta. Nessa duna, já com o sol se pondo, encontrei a resposta pra pergunta que tinha feito antes do passeio.




O deserto é uma beleza bem diferente de tudo que eu já tinha visto. Obviamente não se tratava apenas de areia. O absoluto silêncio, o vento frio e cortante, a sensação de que a paisagem de dunas é constantemente redesenhada pelo ar, o sol se pondo no horizonte, relevando tonalidades de amarelo e vermelho que não lembrava de ter presenciado em lugar nenhum... Tudo isso passou uma sensação de paz muito boa, talvez tenha sido o ponto alto do passeio e até da viagem. Falando no vento, outra dica: leve um casaco, pois a noite no deserto é bem gelada.

Uma geral do acampamento...

Com o sol se pondo, voltamos para o carro e seguimos para um verdadeiro acampamento beduíno. Passeio de camelo, churrasco típico árabe (também há opções vegetarianas), narguilês, danças e bebidas típicas, pinturas em henna... Tudo isso no meio da noite no deserto. Os shows de dança rolam num pequeno palco no meio dos tapetes e almofadas, onde os participantes do passeio relaxam e comem. A descrição é muito parecida com o que vimos no Dubai Museum, quando aprendemos sobre como era a vida no deserto antes do boom do petróleo modernizar Dubai. Incrível mesmo!

Todos acomodados pro show que estava pra começar.

Desde a tradicional dança do ventre...

...até outras danças tradicionais incríveis!

Área dos narguilês, tudo liberado.

Dica: fique atento ao período do Ramadã. Nessa época, não acontecem as danças do ventre e não são servidas bebidas alcoólicas. A data do Ramadã muda todo ano, fique esperto!

Pra quem se empolgou com o passeio, existem quatro tipos de passeios, que diferem basicamente do horário, e não muito das opções de lazer:

  • Morning Desert Safari: 8h30 até 11h30. Ideal pra você que não quer perder essa experiência, mas também não tem o dia todo para aproveitar.
  • Evening Desert Safari: 16h até 22h. Foi o que fizemos. Achamos o ideal, pois ainda tivemos a manhã pra aproveitar Dubai e ainda curtimos o pôr-do-sol no deserto.
  • Overnight Desert Safari: 16h até 9h. Festejar sobre o céu absurdamente estrelado do deserto e aproveitar o nascer do sol também não parece uma má ideia!
  • Dinner Only: 19h até 22h. Como diz o nome, basicamente o jantar, mas tudo bem mais corrido.

Curtiram essa diferente experiência? Se o gigantismo dos arranha-céus de Dubai prometiam nos surpreender, foi na beleza e simplicidade do deserto que vivemos uma das melhores sensações da viagem. Mas nossa passagem por Dubai ainda tinha mais um destino! Acompanhem a gente em mais esse passeio imperdível!

Partiu!