segunda-feira, 21 de novembro de 2011

São Paulo: Balada em Vila Madalena

E aí galera!

Mais uma atração imperdível pra quem vai passar uns dias em Sampa, com certeza, é uma baladinha no famoso bairro de Vila Madalena, um dos mais conhecidos points boêmios da cidade. Não podíamos perder a chance de conhecer a noite paulistana e partimos pro bairro.

Lembro que, no dia em que visitamos Vila Madalena, a Terra da Garoa estava mais para Terra da Tempestade Tropical: chovia baldes d’água e eu já começava a me preocupar quanto aos bares estarem vazios e a balada acabar ficando sem graça. Ledo engano. Mesmo com a forte chuva, TODOS os bares estavam lotados e estacionar nosso carro foi mais um desafio a ser enfrentado. Depois de muita procura por vagas e algumas várias gotas de chuva na cabeça, acabamos nos instalando no bar São Cristóvão, que fica na rua Aspicuelta, 533.


No meio daquele caos causado pela chuva, acabamos entrando em um bar temático de futebol! As paredes (e até o teto) do bar são tomadas de pequenas relíquias futebolísticas como capas de jornais antigos, fotos, faixas, cachecóis – bem famosos na Europa – enfim, tudo! Aliás, o nome do bar se deve ao famoso time carioca que revelou Ronaldo Fenômeno para o futebol. Até mesmo os banheiros são enfeitados com objetos temáticos, o que torna a visita pro bar interessante até pra quem não curte uma cervejinha. O São Cristóvão não se limita apenas a montar o cenário futebolístico retrô para sua cerveja com os amigos: ela também vende camisas retrô de vários times do Brasil, e camisas de qualidade pelo que pude ver. Não me lembro de ter visto no Rio de Janeiro nenhum bar temático sobre futebol, e muito menos perto do que o São Cristóvão faz.


Como não fomos pra balada pra ficar olhando pras paredes, vamos falar do que interessa: as comidas, as atrações e, claro, o chopp! Os destaques do cardápio são os já famosos “portuguesa alheira” (embutido feito com massa de pão, alho e carnes de porco e frango) e o caldinho de feijão carioca, que uma amiga nossa experimentou e aprovou! A calabresa na cachaça pra petiscar também é digna de elogios. Ficamos sabendo que toda segunda-feira rola um jazz ao vivo a partir das 21h30, o que deve dar aquele charme pro clima retrô do bar. O chopp, Brahma, como não poderia deixar de ser, veio sempre geladinho e os garçons não deixam seu copo esvaziar! Atendimento show de bola! Com os amigos, foi uma noite agradável demais!


Outros bares também fazem sucesso no bairro, como Astor, Bar do Juarez, Genial, Madeleine, entre outros. A revista VEJA São Paulo fez uma relação dos melhores bares de Vila Madalena (incluindo o São Cristóvão), que pode te guiar no caso de uma visita ao bairro. Confira a reportagem AQUI. Vendo os comentários na Internet sobre o São Cristóvão, agradeço ao dilúvio que caía quando chegamos em Vila Madalena: escolhemos o bar CERTO pra curtir nossa noite.

Depois de uma balada típica paulistana, o dia seguinte nos reservava mais um programa típico da cidade: um cultural, claro. Nossa próxima parada será no Museu da Língua Portuguesa, mais um roteiro típico pra quem visita São Paulo! Confiram no próximo post!

Partiu!