segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Montevidéu: Rara Avis e Francis

E aí galera!

Chegou o momento daquele post pra deixar o viajante com água na boca... Quando fizemos o roteiro para Montevidéu e chegamos na hora da escolha dos restaurantes, ficou aquela pergunta: vamos comer barato ou vamos comer bem? Pesquisando na Internet e por meio de dicas de amigos, descobrimos que a capital uruguaia apresenta uma grande quantidade de restaurantes que podemos facilmente colocar entre os melhores do país – e por que não, da América Latina. Quer dizer, se vamos experimentar a tão comentada parrilla (o churrasco deles), vamos comer do melhor né? Resolvemos comer bem e demos sorte nas escolhas!

 Rara Avis: um dos mais chiques (e deliciosos) de Montevidéu!

Que tal um jantar romântico, num ambiente altamente chique situado em um prédio histórico, ao som de uma apresentação ao vivo de uma excelente pianista (que voz maravilhosa!) e, claro, com um bom vinho local e uma comida sem comentários? Parece cena de filme, mas não é. Foi o que encontramos no Rara Avis (Calle Buenos Aires, 652), restaurante anexo ao famoso Teatro Solís. Recomendamos que apareçam lá com a roupa mais chique que tiver na mala e disposto a ter um jantar de alto nível, com tudo que tem direito. O Rara Avis tem de tudo: desde a famosa parrilla até massas e frutos do mar. A carta de vinhos vem em um tablet, tudo muito chique!

 O visual do Rara Avis: poucas luzes sem escuridão, perfeito!

Nossas escolhas: um carpaccio de salmão com salada de folhas verdes, erva-doce e camarões (e que camarões!) grelhados de entrada, nhoque de batata recheado com salmão defumado e creme de camarão para a Grazi e um risotto de calamaretti, camarão e lulas com açafrão pra mim – tudo muito bem servido! Pra finalizar, um Oda a la Manzana, uma sobremesa com maçãs carameladas, molho de sidra e sorvete de creme. Conforme já comentamos em posts anteriores, os preços dos serviços no Uruguai são bem parecidos com o que encontramos no Rio de Janeiro, e a comida se inclui aí. Pra quem viaja low-cost, não é exatamente a melhor opção, mas pra quem não abre mão de uma boa cozinha, é obrigatório!

Música ao vivo! Que piano! Que voz!

Um pouco mais distante de Ciudad Vieja, no maravilhoso bairro de Punta Carretas, fomos em busca da famosa parrilla que não comemos no Rara Avis. Praticamente todos que perguntamos indicaram o Francis (Calle Luis de La Torre, 502), que fica bem próximo ao Shopping Punta Carretas, um dos principais da cidade. Um ambiente bem legal, com opção de mesas na calçada do restaurante, boa variedade de vinhos e, claro, especializado em carnes, como um bom restaurante uruguaio!

O Francis, em Punta Carretas: a melhor parrilla de Montevidéu!

Pra quem foi em busca da famosa parrilla, peça o Trio de Carnes: três diferentes cortes (baby-beef, picanha e matambrito, cada um com um molho diferente) servidos na chapa. Pra um amante de carnes como eu, até emocionou hehehe... Prato lindo e MUITO gostoso, no ponto perfeito que pedi, sensacional! Não tão chegada, a Grazi foi de Lenguado Relleno, em outras palavras, um peixe linguado recheado com mussarela, alcaparras e ervas finas, com molho de limão e frutos do mar – também um absurdo de bom! Os pratos são muito bem servidos, mas ainda deu tempo de finalizarmos com um fondant de chocolate com sorvete de maracujá. Ainda ganhamos, por conta da casa, uma prova de vinho uruguaio numa pequena taça. O atendimento foi espetacular e os garçons entendem algo de português, o que facilita na hora de pedir detalhes sobre os pratos. O Francis é bem mais em conta que o Rara Avis, até por que a proposta é outra, mas valeu muito a pena, principalmente pra quem vai atrás da tradicional carne uruguaia.

O Trio de Carnes do Francis: ESPETACULAR!!!!

Linguado Recheado: bem servido e bom demais!

Pra quem gosta de comer bem – no aspecto qualidade – Montevidéu é literalmente um prato cheio. O Rara Avis e o Francis são dois locais espetaculares, bem servidos, onde fomos muito bem atendidos e facilmente recomendamos pra todo mundo! Esse povo uruguaio sabe comer bem, hein! Fiquem ligados no próximo post, onde falaremos de uma visita guiada muito legal que fizemos, mais uma vez, pertinho do nosso hostel!

Partiu!