sábado, 10 de maio de 2014

Colonia del Sacramento: saindo de Buenos Aires

E aí galera!

Nossa viagem por Buenos Aires continua... saindo de Buenos Aires! Uma das ótimas opções de passeios pra quem está na capital argentina é atravessar o Rio da Prata e passar o dia no país vizinho, o Uruguai, mais precisamente numa cidadezinha muito gostosa chamada Colonia del Sacramento. Mas calma: as atrações de Colonia ficam pro próximo post. Hoje, vamos dar uma ideia de como fazer esse passeio partindo de Buenos Aires: as opções, onde comprar e outros detalhes.

 Chegamos cedinho pra viagem!

A maneira típica de chegar em Colonia a partir de Buenos Aires é mesmo atravessando o Rio da Prata (que é um baita rio). Pra quem está em Montevidéu, a opção é uma viagem de 2h30 aproximadamente de ônibus. Basicamente existem três empresas que fazem o trajeto aquático desde Buenos Aires: a Buquebus, Colonia Express e Seacat. A primeira é a clássica e fomos por ela. Se quiserem uma comparação bem detalhada das três empresas, não tem post melhor do que o do Ricardo Freire no Viaje na Viagem. Nesse post, vamos falar de como fechamos o passeio pelo Buquebus.

O catamarã da Buquebus que faz a travessia.

A Buquebus é a maior dessas três empresas e a que tem mais horários, além de também ser a única que pode levar carros. O site deles é auto-explicativo e você pode fazer sua compra por lá com antecedência – o que não foi nosso caso. Como bons brasileiros, decidimos tudo em cima da hora e tivemos que ir para a loja da Buquebus no Centro de Buenos Aires (Av. Córdoba, 867), onde fechamos tudo rapidinho. Os preços são como os de passagens aéreas: variam bastante, há tarifas promocionais e comprar com antecedência sempre é uma boa opção. Há opção de comprar a passagem junto com uma integração, de modo que você pode pegar um ônibus quando chegar em Colonia del Sacramento.

As filas ainda estavam pequenas! Cheguem cedo!

A saída dos enormes catamarãs acontece em Puerto Madero, na parte norte (veja o mapa no final do post), num prédio muito bonito. Recomenda-se chegar com, no mínimo, uma hora de antecedência: pegamos grandes filas (várias grandes filas) mesmo com passagens já compradas e há todo um trâmite burocrático antes do embarque, afinal, estamos mudando de país, e acertar a papelada leva algum tempo. A travessia levou pouco mais de uma hora e é bem tranquila: balança pouco, há lojas com comida e até um free shopping – onde acabamos não comprando nada, pois deixamos pra comprar no aeroporto de Ezeiza.

A viagem é bem confortável.

ATENÇÃO: É obrigatório levar sua identidade e o visto da imigração, que você recebe quando chega na Argentina (ou então seu passaporte, com o carimbo do visto). Sem ele, você não consegue sair do país.


No próximo post, tudo que vimos nesse day-trip em Colonia del Sacramento!

Partiu!