sábado, 8 de setembro de 2012

Rio de Janeiro: Mirante do Caeté no Parque da Prainha

E aí galera!

Nosso próximo destino é um daqueles típicos do Rio de Janeiro, envolvendo duas das maiores virtudes naturais da cidade: suas praias e seu relevo, que proporciona vistas maravilhosas como pudemos conferir no Cristo Redentor, Vista Chinesa, Santa Teresa, Pão de Açúcar, entre outros. Foi na Zona Oeste do Rio, entre a Barra da Tijuca e o Recreio, no pequeno bairro de Grumari, que encontramos a famosa Prainha e seu Parque Natural Municipal da Prainha! A idéia de fazer uma trilha – bem tranqüila, diga-se – e avistar as praias da região nos instigou a gente a conhecer o local.

Entrada do Parque Natural Municipal da Prainha

A Prainha é um famoso point de surfistas no Rio de Janeiro. Bem menos conhecida e cheia do que as praias da Zona Sul, envolvida pelo verde das serras, o local é o ideal seja pra quem quer pegar umas ondas ou pra quem quer simplesmente relaxar na praia. Mas curtir a areia e as ondas, nesse post, vão ficar pra depois da trilha no Parque Natural Municipal da Prainha. Bem de frente a praia, com estacionamento do lado de fora, o Parque tem pouco menos de 150 hectares e, dentre outras atividades como parquinho para crianças, chuveiros e biblioteca, tem como principal atração uma trilha que passa por dentro da Mata Atlântica e leva ao Mirante do Caeté.

Início da trilha: boa sinalização e muita sombra tornam a subida bem agradável!

Pra quem fica meio com um pé atrás quando ouve que vai fazer uma trilha – o que já foi nosso caso – fique tranqüilo: além de ser uma trilha curta, bem sinalizada, com poucos trechos muito íngremes e com muita sombra, existem vários pontos em seu trajeto em que já se pode parar e tirar fotos do visual da praia que começa a se formar ao longo da subida. A trilha ficou mais tranqüila ainda graças a uma série de tocos de madeira que praticamente formam degraus, evitando aquelas escorregadas típicas. Vimos muitas crianças subindo, pra terem uma idéia. Se você ainda não se convenceu, existe a possibilidade de visitas guiadas, marcadas previamente por telefone. As dicas são as mesmas de qualquer trilha: esteja bem alimentado, com calçado adequado e leve uma garrafinha d’água, sempre é bom.

Durante a subida, já começamos a ter ideia do visual que nos aguardava...

Um pouco mais de meia hora de subida e finalmente chegamos ao Mirante do Caeté. E encontramos o que imaginávamos: uma vista sensacional da própria Prainha, Praia da Macumba, Canto do Recreio, Praia da Reserva e da Barra da Tijuca, fora as pequenas ilhas pela direita e a Mata Atlântica pela esquerda. Por causa da neblina, conseguimos ver bem pouco da Pedra da Gávea (lá no início da Barra), pra vocês terem noção do alcance da vista no mirante. Fora a vista, ainda sem o silêncio do local, incomodado apenas pelo canto das aves e o som do mar. Muito bom!

A vista do Mirante do Caeté: sensacional!

O Parque Natural Municipal da Prainha funciona diariamente (exceto nas segundas), das 8h até as 17h (18h durante o verão), com entrada gratuita. Para quem quiser agendar uma visita guiada, o número é (21) 2293-3596. Mais um passeio na faixa, para todos e único no Rio de Janeiro! Acompanhem o Check-In para mais dicas na Cidade Maravilhosa!

Depois da trilha, que tal relaxar na Prainha tomando uma água de coco?

Partiu!