quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Campinas: Bosque dos Jequitibás

E aí galera!

Campinas é uma cidade em pleno crescimento. Apesar disso, ela tem conseguido controlar sua urbanização, se tornando uma grande cidade e mantendo grandes áreas verdes para uso de sua população. Nossa próxima parada na cidade é justamente a principal atração natural de Campinas, aquele lugarzinho pra esquecer os problemas e dar um bom passeio em contato com a natureza: conheça o Bosque dos Jequitibás.

 Entrada do Bosque dos Jequitibás
 
O bosque possui uma área de aproximadamente 10 hectares encravada no bairro de Campinas. Dentro desse grande espaço, uma reserva ambiental que ocupa cerca de 30% do parque garante uma biodiversidade intacta – não é nem um pouco raro compartilharmos uma caminhada com animais silvestres como sagüis, bichos-preguiças e até tucanos (sei que é quase irresistível, mas não os alimente! rs). A entrada do parque é uma subida, então fica a dica de utilizar calçado apropriado para caminhadas, levar boné, protetor solar e beber água. É possível entrar de carro, mas não foi nosso caso.

Olha quem achamos pelo caminho!
 
Mais do que apenas uma área verde para passeio, o Bosque dos Jequitibás possui algumas atrações. Museu de História Natural de Campinas, funcionando desde 1939, é um pequeno espaço que visa propagar a Educação Ambiental por meio de mostras que ensinam as biotas brasileiras, minerais, rochas e, claro, os animais. Destaque para a Casa dos Animais Interessantes, um centro de taxidermia (animais “empalhados” digamos) com diversas espécies, desde pequenos insetos até grandes répteis e mamíferos. O Museu ainda abriga o pequeno Aquário Municipal, que mostra algumas espécies de diversos ambientes aquáticos.

Cada um na sua: o flamenguista com o Urubu Rei...

...e a guarapuavana com o lobo guará.
 
Mas o Bosque não vive apenas dos animais soltos e dos “empalhados”. Há um pequeno zoológico no local, onde vivem espécies diversas como leões, hipopótamos, onças, tamanduás e muitos tipos de aves. Claro, não é um zoo da grandeza do Zoológico do Rio de Janeiro, por exemplo, mas pra quem gosta de animais é um passeio bem agradável. Só achamos tudo um pouco desassistido: quase não vimos funcionários...

Lago do Zoo...

Pássaros...

Hipopótamo, de boa, só no solzinho...
 
O Bosque dos Jequitibás ainda abriga o Teatro Carlos Maia (um pequeno teatro infantil) e a Casa do Cabloco, uma pequena réplica de uma moradia rural feita de barro e palha – ou pau-a-pique.

Então, se quiser passar um dia em Campinas em contato com a natureza, longe do barulho da cidade grande, o Bosque dos Jequitibás pode ser um bom programa. Por estar numa região central, é bem fácil de chegar lá: Rua Cel Quirino, nº 2. O telefone da administração é (19) 3295-5850/3251-9849. O Bosque funciona de terça a domingo (e feriados), das 9h-12h e 13h-17h30, com entrada gratuita. Entretanto, para visitar o Museu, o ingresso custa somente R$2,00 – crianças até 6 anos e idosos não pagam.


Partiu!